Novidades

Saiba as diferenças entre miopia, astigmatismo e hipermetropia

Problemas oculares são tão comuns que você certamente conhece alguém que precise usar lentes corretivas para poder enxergar melhor. Existem alguns problemas que são mais comuns do que se imagina. Mas você sabe a diferença entre eles? Nós separamos três deles, Miopia, Hipermetropia e Astigmatismo e explicamos algumas diferenças entre estas três imperfeições da visão que atingem pessoas do mundo inteiro.

A Miopia é um distúrbio de refração, onde os raios luminosos formam um foco antes da retina, afetando a capacidade de a pessoa focar em objetos distantes. O porquê disso? Porque a imagem é focada e projetada antes da retina, fazendo com que a visão fique turva e o diâmetro fiquei mais para trás. Este é o tipo de falha ocular mais comum no mundo e atinge cerca de 30 a 40% da população asiática.

A Hipermetropia é uma anomalia da refração ocular que se caracteriza pela dificuldade de enxergar de perto. Este problema ocorre quando o olho é um pouco menor do que o normal, provocando uma focalização errada na imagem que se foca depois da retina. A imagem acaba se formando antes da íris. Normalmente pessoas com este problema possuem outro tipo de anomalia, o estrabismo, mais conhecido como vesgueira.

Já o Astigmatismo, é um defeito óptico resultante de uma irregularidade na superfície da córnea ou, em alguns casos, no cristalino do olho. Com ela, a imagem se forma em vários focos, em eixos diferenciados, ou seja, a imagem se forma em vários pontos da retina e a dificuldade existe tanto para enxergar de perto, quanto para longe. O astigmatismo também está relacionado à doença ocular ceratocone, que a degeneração da córnea, ocasionada pela vista cansada, entre outros fatores.

Vale lembrar que em todos estes casos as falhas podem ser corrigidas com o uso de óculos, lente de contato ou em casos mais específicos com a cirurgia refrativa. Em caso de qualquer indicio de problemas de visão